27/12 - 12:00 h
Síntese - Antonio José
Conto de Natal dos dias seguintes
A rotina da família de Vera está mudada, agora além de todos os problemas que sempre teve: sozinha, grávida e desempregada, ainda tem que explicar para seu único filho de seis anos, coisas que nem ela consegue entender direito.

- Mamãe, no dia de Natal tinha tanta comida, doces e eu até ganhei brinquedo e hoje não tem mais?


(0) Comentários
Continue Lendo...
12/08 - 07:00 h
Síntese - Antonio José
O ser humano é mutante
O Bernard Shaw disse que a pessoa mais sensata que conheceu na vida foi o seu alfaiate, pois era o único que a cada vez que o via tirava novas medidas, enquanto os outros o via uma única vez e pensavam que o conhecia. Começo a Coluna hoje com esta brilhante conclusão do mestre Bernard, porque detesto pessoas com opinião formada e que jamais mudam aquilo que pensam. Claro que também não devemos ser volúveis, mas temos que admitir e nos permitir às mudanças.
(0) Comentários
Continue Lendo...
22/07 - 07:00 h
Síntese - Antonio José
Que saudade de um grande amigo
Nos anos 80, assim como milhares de pessoas que seguiam para o “Novo Eldorado” do Brasil, em busca de dias melhores, realização pessoal e principalmente enriquecer, eu também segui este caminho e com a cara e a coragem de um jovem de 18 anos fui para Rondônia para também fazer aflorar uma profissão e porque não? Enriquecer. Porém, quando cheguei lá, descobri que as oportunidades eram como aqui, quem não tem dinheiro não consegue muita coisa.
(0) Comentários
Continue Lendo...
20/07 - 07:00 h
Síntese - Antonio José
O gênio Eugênio e o livro na fila do banco
Fui ao Banco Itaú na sexta-feira à tarde para fazer o depósito para a impressão da edição do O Liberal, e lá uma situação interessante rendeu a Síntese, que relato a você agora meu(minha) estimado(a) leitor(a). Quando cheguei à fila do banco, já estava por lá o professor e grande amigo, José Eugênio Maciel, faz um tempinho que não o via e percebi que está mais magro...
(0) Comentários
Continue Lendo...
20/07 - 07:00 h
Síntese - Antonio José
Um lado brincalhão atrai clientes e amigos
Tenho dedicado esta Coluna nos últimos tempos para falar de meus amigos, evidente que são destaques aqui, não apenas por causa da amizade que nutrem comigo, mas, essencialmente porque são pessoas especiais, daí a história relatada se torna interessante. Hoje vou falar de um amigo que tenho há muitos anos e que quase todas as pessoas de Campo Mourão o conhecem, pois, é homem do comércio, o que o torna muito popular.
(0) Comentários
Continue Lendo...
Enquete
Sem enquete.
DIREITOS RESERVADOS AO JORNAL O LIBERAL DE CAMPO MOURÃO LTDA